Escolha uma Página

Das coisas que mais escuto no meu trabalho das pessoas…

Eu não consigo sair do lugar!

Tenho medo de não dar certo!

Eu não sei nada de tecnologia!

Eu não tenho jeito pra essas coisas!

Eu não sou do tipo criativo, sabe?

Tenho medo de mudar!

E por aí vai.

É muito comum as pessoas desenvolverem essas crenças limitantes. Eu mesmo já passei por isso e sei o quanto é difícil sair da nossa zona de conforto e enfrentar a decisão de mudar. Seja uma transição de carreira, seja o fim de um relacionamento de muito tempo, seja a decisão de se afastar de pessoas que não te fazem bem.

A mudança está sempre ligada ao medo. O medo de não dar certo, o medo do que as pessoas vão pensar da gente, de como vai ser se isso e se aquilo, são muitas dúvidas, pensamentos e sentimentos que nos fazem adiar os nossos sonhos e planos para um futuro que faça mais sentido para a gente. Você já passou por isso? Eu já, muitas vezes.

Mas, nunca aceitei o medo de mudar, sempre me enchi de coragem e fui assim mesmo. Achando caminhos, criando novos hábitos, encontrando pessoas que podiam me ajudar, estudando novos modelos, novas ferramentas, novos jeitos de fazer essa transição.

E uma das coisas mais legais que me ajudou a tomar decisões com mais tranquilidade foi entender que quanto mais eu me conheço, mais eu entendo o que preciso fazer pra que a mudança seja mais leve e possível. Quanto mais me dedico a isto, mais consigo me transformar numa versão melhor de mim mesma.

Descobri que os passos pequenos na direção certa geram grandes resultados, descobri que não adianta estar muito bem numa área da vida e deixar as outras pra lá, porque somos um só, e pra haver equilíbrio precisamos investir em mudanças sustentáveis e consistentes. Precisamos trabalhar o corpo, a mente, o coração, além das nossas habilidades técnicas, cognitivas e sociais. E foi assim que decidi fazer uma análise anual sobre mim mesma e traçar metas eficientes para dar o próximo passo. E pra isso, todo início de ano eu uso a Roda da Vida e crio um mapa mental com as ações que preciso fazer pra chegar onde quero. Você conhece a Roda da vida? Você tem o hábito de analisar sua vida?

A roda da vida é uma ferramenta de auto-avaliação. Ela é um dos métodos mais simples e mais utilizadas para mapear como estão as principais áreas da vida de uma pessoa no momento.

Ela é composta por um círculo com 12 divisões. Cada uma delas é definida por uma área da vida considerada fundamental para a conquista do equilíbrio. Cada área deve ser avaliada usando uma pontuação de 0 a 10 que reflita o quanto o avaliado está satisfeito com a área em questão (sendo 0, menos e 10, mais).

Depois de mapeadas todas as áreas, analisa-se a roda da vida para colocar um pouco mais de foco nas ações referentes a cada área para uma vida mais equilibrada rumo aos seus objetivos. Olha que massa esse teste que achei no site do Mr. Coach, amei! Faz a sua avaliação!!!

Se preferir usar algo impresso, usa essa da Garimpo!!!

Eu costumo fazer um mapa mental para planejar o que você fazer pra começar a mudar rumo a minha melhor versão. Você conhece essa ferramenta? Dá uma olhada aqui, escolhe as áreas que se dedica menos e lista 3 ações que você vai começar a fazer já em busca de mais equilíbrio e me fala aqui que áreas são essas e o que você vai fazer. Compartilhar também ajuda no comprometimento com as metas, sabia?

E aí, vamos começar a organizar as mudanças que você quer pra você esse ano?

Bjs criativos!!!!

Germana Uchoa